Uma epidemia de febre amarela na Nigéria matou 172 pessoas desde novembro

Luca

A Organização Mundial da Saúde disse hoje que uma epidemia de febre amarela descoberta na Nigéria em novembro matou 172 pessoas, alertando sobre uma crise humanitária no nordeste do país mais populoso da África subsaariana.

O porta-voz da OMS, Tariq Jasarevich, disse à imprensa que “desde 24 de novembro, a epidemia foi descoberta em cinco estados nigerianos, nomeadamente Delta, Enugu, Bauchi, Bennu e Ebony”.

De acordo com o responsável, “foram registados 530 casos suspeitos, 48 ​​dos quais foram confirmados por análises laboratoriais, e destes 530 casos suspeitos resultaram na morte de 172 pessoas”.

A proporção de pessoas vacinadas contra a febre amarela permanece baixa em muitas partes da África. Embora a vacina seja quase 100% eficaz e relativamente barata, não há tratamento específico para a febre amarela, que é transmitida rapidamente em áreas urbanas por mosquitos.

Especialistas em saúde global alertaram nos últimos meses que a epidemia de Covid-19 pode causar um aumento em outras doenças devido à suspensão dos programas de vacinação.

Em outubro, a Organização Mundial de Saúde anunciou que a Nigéria retomaria a vacinação contra a febre amarela e espera que 30 milhões de pessoas sejam vacinadas em breve.

READ  Um UI 3.0 a caminho do Galaxy! Você sabe quando chegar?
Written By
More from Arzu

Um novo recorde de mortes diárias (122) e os ferimentos de 5.604 outras pessoas

Os diretores das escolas concordam em revigorar o ensino à distância para...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *