Um avião indonésio com 62 pessoas, incluindo 10 crianças, caiu no mar minutos após a decolagem – The Observer

As autoridades indonésias anunciaram que o avião que transportava 62 passageiros e desapareceu dos radares depois de decolar de Jacarta em um voo doméstico para Pontianak, caiu no mar ao largo da costa de Jacarta. Havia 56 passageiros a bordo, incluindo 10 crianças e seis tripulantes.

Um porta-voz da Agência de Busca e Resgate da Indonésia disse em uma entrevista coletiva que um avião da Boeing de propriedade da Sriwijawa Aviation caiu no Mar de Java poucos minutos depois de decolar do Aeroporto Internacional Soekarno Hatta da capital. Indonésia com destino a Pontianak, capital da província de Kalimantan Ocidental, na ilha indonésia de Bornéu.

E a agência de notícias espanhola “Evi” acrescenta que a polícia, por sua vez, montou um “posto de identificação do corpo em um hospital no leste de Jacarta”, para onde se deslocaram os familiares e amigos das vítimas. E a agência de notícias francesa informou que os barcos de busca e salvamento estão sendo enviados para o local do acidente.

No sábado, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com um Boeing 737-500 em um vôo doméstico, entre Jacarta e Pontianak, poucos minutos após o avião ter sido levantado. O avião da Sriwijawa Airlines, fundada em 2003, decolou de Jacarta na manhã de sábado com destino a Pontianak.

O avião perderá “mais de 10.000 pés de altitude em menos de um minuto, cerca de 4 minutos após deixar Jacarta”, de acordo com a plataforma de rastreamento de aeronaves Flightradar24, que citou Reuters.

As buscas já começaram depois que pescadores encontraram o que pareciam ser destroços de aviões nas águas ao norte da capital, Jacarta. Um oficial de segurança também disse à CNN Indonésia que havia encontrado “alguns fios, pedaços de jeans e pedaços de metal na água”.

READ  As restrições de ano novo começam com uma proibição de dirigir entre os condados

O Boeing 737-500 tem 27 anos. A Indonésia foi palco do primeiro acidente grave com outro modelo da fabricante americana. Um Boeing 737 Max operado pela Lion Air caiu no final de 2018, matando 189 pessoas. Outro incidente com o mesmo novo modelo da Boeing na Somália levou à suspensão das operações dessas aeronaves e a uma investigação pelas autoridades norte-americanas.

Está sendo atualizado

Written By
More from Arzu

O primeiro hands-on apareceu no esperado Samsung Galaxy S21 [vídeo]

Informações sobre o próximo smartphone da Samsung sempre apareceram, embora na forma...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *