As restrições de ano novo começam com uma proibição de dirigir entre os condados

eEntre as medidas para o período de passagem de ano anunciadas pelo primeiro-ministro António Costa, está a proibição de circulação entre os municípios das 00h00 de hoje até às 05h00 de segunda-feira 4 de janeiro de 2021, “salvo por motivos de saúde, urgência urgente, ou outros assuntos”. Esperado especificamente. “

No que se refere ao toque de recolher obrigatório, em que é vedada a circulação nas vias públicas, todo o território continental está hoje sujeito à medida das 23h00 às 05h00, com excepções específicas previstas na lei, como por razões profissionais ou de saúde, “deslocações em socorro de pessoas vulneráveis, Pessoas com deficiência, filhos, pais, idosos ou dependentes ”, ou caminhantes de curta distância com familiares e andar com animais acompanhantes.

Nos dias 1, 2 e 3 de janeiro, a proibição de circulação na via pública entra em vigor das 13h às 5h do dia seguinte, com o acréscimo de um diploma governamental, podendo ser abertas exceções para viagens a pequenos negócios com venda de alimentos e produtos de higiene.

Além da proibição de “feriados públicos ou abertos” durante o período de passagem de ano, não são permitidos encontros na via pública com mais de seis pessoas.

No início de dezembro, o governo anunciou que na véspera do Ano Novo o toque de recolher será às 2h e apenas para municípios considerados de risco muito alto e grave de transmissão do novo Coronavírus, mas as medidas se agravaram posteriormente.

Ao contrário do que anunciámos há 15 dias […]”Temos que interromper completamente as celebrações de Ano Novo”, disse o primeiro-ministro Antonio Costa na conclusão da reunião do Gabinete em 17 de dezembro.

READ  Miguel Braga: “Sad Pelinensas foi mais agressivo connosco. Estava frio e queriam correr mais »- Sporting

Com a flexibilização das restrições ao Natal, o governo decidiu “adotar medidas de extrema contenção” durante o período do Ano Novo, para evitar que o “risco acrescido” das festas natalícias se proliferasse no crescimento exponencial da transmissão do Coronavírus.

Com a mudança do toque de recolher entre hoje e domingo, os horários dos restaurantes também mudaram: nos territórios continentais, terão de encerrar hoje até às 22h30, e entre sexta e domingo até às 13h, “exceto para partos em casa”.

Independentemente da lista de municípios por nível de risco de transmissão da COVID-19, em todo o continente, os estabelecimentos varejistas e de serviços, inclusive supermercados, só podem funcionar entre 8h e 13h às sextas-feiras e finais de semana.

De acordo com a lista de municípios por níveis de risco, que entrou em vigor em 24 de dezembro e vai até 7 de janeiro, sob o novo estado de emergência, 30 municípios estão sob alto risco de infecção, 79 dos quais com altíssimo risco, 92 com alto risco e 77 com médio risco.

A Madeira e os Açores, sem serem obrigados a aplicar as mesmas regras que em Portugal Continental, decidiram tomar algumas medidas especiais para o período do Ano Novo.

Na Madeira não são permitidas aglomerações de mais de cinco pessoas, é proibida a venda e o consumo de bebidas alcoólicas na via pública, exceto nas esplanadas devidamente licenciadas, e os restaurantes funcionam apenas até às 23h00, mas estão excepcionalmente autorizados encerram às 24h00 do dia 30 Pode fechar às 01:00 na véspera de Ano Novo.

O governo regional decidiu manter a queima de fogos, uma das maiores placas do arquipélago, e criar espaços para até cinco pessoas em áreas diferentes para quem decidisse assistir ao show na rua, mas também apelou aos moradores para assistirem de casa, por causa da Internet ou da TV.

READ  Portugal recebe mais 70.200 doses de vacinas antes do final do ano

Nos Açores, os procedimentos em vigor até 7 de janeiro especificam que todos os estabelecimentos de bebidas e similares que tenham casa de dança se encontram encerrados, e que os bares e outros estabelecimentos de bebidas, com ou sem espectáculo, com ou sem serviço de esplanada, encerrem até às 22h00.

Leia também: Por minuto: o Brasil passa de 193.000 mortes. Dinastia britânica na Califórnia

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site escolhido pelo quarto ano consecutivo de escolha do consumidor.
Baixe nosso aplicativo gratuito.

Baixe a Apple Store
Baixe o Google Play

Written By
More from Arzu

Portugal recebe mais 70.200 doses de vacinas antes do final do ano

A ministra da Saúde, Marta Timido, anunciou em nota à imprensa que...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *