JS quer estágios remunerados e arrendamento a custos controlados para Jovens

As propostas foram apresentadas em reunião do Conselho Municipal da Juventude de S. João da Madeira e serão discutidas e votadas no início de setembro.

A Juventude Socialista (JS) de S. João da Madeira aproveitou a reunião do Conselho Municipal da Juventude (CMJ) para, através do seu Presidente Leonardo Silva Martins, propor à Câmara Municipal a criação de um programa de estágios profissionais remunerados, de uma bolsa de imóveis para arrendamento a custos controlados e, ainda, de um gabinete de apoio ao jovem empreendedor.

As propostas que abrangem a área do emprego e da habitação têm como principal objetivo facilitar a fixação de jovens em S. João da Madeira e ajudá-los nos primeiros passos na vida ativa, vertente que “apresenta um enorme grau de carência no nosso município”, constata o líder da JS.

Leonardo Silva Martins reitera as críticas do passado em relação ao não agendamento atempado da reunião para discutir o Plano e Orçamento e do funcionamento do CMJ em geral. Acrescenta ainda que “a JS não irá compactuar com esta inércia daí ter apresentado três propostas concretas que podem ajudar na emancipação dos jovens sanjoanenses”. Relembre-se que em março deste ano a JS garantiu, em comunicado às redações, que “o CMJ nunca funcionou muito bem em S. João da Madeira” atribuindo essa responsabilidade aos executivos do PSD. A verdade é que o CMJ, que já leva mais de dois anos desde a sua instalação, apenas reuniu três vezes “o que é demasiado pouco para um órgão que é o local por excelência onde se deve discutir a política de juventude do município, o que é demonstrativo da ligeireza com que o executivo camarário lida com as problemáticas dos jovens”, remata Leonardo Martins.

O que preocupa neste momento a JS é a dificuldade de entrada dos jovens no mercado de trabalho, com a permanência de muitos desses em casa dos seus pais até aos 30 anos e com a dificuldade que novas famílias de jovens sanjoanenses encontram para residir e trabalhar na cidade. “Lamentamos só agora termos tido a oportunidade de apresentar estas propostas que, em casos normais, já deveriam ter sido discutidas em fevereiro e, eventualmente, já integrariam o Plano e Orçamento para 2016”, concluiu o Presidente da JS referindo ainda que “quem fica a perder são os jovens, em particular, e a cidade, em geral”.

Modificado em domingo, 12 junho 2016 23:28

O CidadesOnline é um projeto jornalístico de língua portuguesa e de carácter geral, de âmbito regional, centrado nos interesses dos leitores do distrito de Aveiro, em particular da região Norte, que diariamente procura informar e dar voz às populações através da internet, levando a voz de Portugal também às comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo.

Recentes

0
Projeto desenvolvido em parceria com o Centro Hospitalar de
0
O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, recebeu, no passado
0
“Anadia – Capital do Espumante – Feira da Vinha e do Vinho”
0
O Presidente da Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha,

CidadesOnline

FichaTécnica

Periodicidade: Diária

Edição de {date}

Directora: Carla Brandão

Propriedade e Edição: NeurónioMotriz, Lda.

Registo ERC: 126836

Sede da Editora/ Redação: Rua Prof. Ascensão Gândara Santos, 84, 3.º Esquerdo

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar concede permissão para a sua utilização. More details…