Que venha uma auditoria

Que venha uma auditoria

Por Ricardo Tavares / Opinião / terça, 19 dezembro 2017 14:50

Iniciou-se no passado dia 1 de Outubro um novo ciclo autárquico em OAZ. Pretende-se que seja um mandato histórico.

O PSD, pela primeira vez na oposição, também pretende realizar uma oposição histórica. É esse o dever e a responsabilidade exigíveis aos vereadores e demais autarcas que representam o partido que durante mais de 40 anos mereceu a confiança dos Oliveirenses para gerir os destinos do concelho de Oliveira de Azeméis. A que acresce a experiência na gestão.

Imbuídos dessa responsabilidade , e no máximo respeito pela vontade dos Oliveirenses, expressa no resultado das últimas eleições autárquicas, não prescindimos, contudo, de defender o que consideramos a principal preocupação que deve nortear os responsáveis autárquicos do nosso concelho- a fixação de pessoas, de jovens, de empresários, e a atração de investimento privado.

Aliás, essa preocupação é comum a todos os autarcas do território que nos circunda e ao qual pertencemos, extremamente competitivo e atrativo, do ponto de vista económico e, até, turístico.

Nessa sequência, e com esse propósito, propusemos na última reunião de Câmara, duas medidas diferentes das propostas pelo Executivo PS: a descida da taxa de derrama mínima, de 0,75% para 0%, para as empresas que não ultrapassem os 150.000€  de faturação anual, e, por isso, com um lucro muito reduzido, o que constitui uma receita residual para o Município; e, bem assim, opusemo-nos ao aumento do valor de algumas das taxas municipais e das taxas relacionadas com a atividade urbanística, também sem grande representatividade ao nível da receita para o Município.

 

Entendemos ser um sinal importante que o Município transmite para quem aqui vive e investe, ou procura viver ou investir.

Dizem alguns ( os proponentes contrários ) que isto são pequenos detalhes ou que isto traduz o exercício de uma oposição ligeira ou gratuita, ou ainda, que a atual governança encontrou dívidas e encargos que não esperavam encontrar na Câmara, e, por isso, não podem alterar.

Ora, a esses direi,  em resposta à primeira questão, que estes detalhes são importantes num território que tem todo o mesmo potencial, e em que as pequenas diferenças por vezes fazem a diferença; e em resposta à segunda responderei que não queremos propor medidas que agravem ou ponham em causa o equilíbrio orçamental do Município, e estas não põem, até porque conhecemos a realidade financeira do Município.

Por último, em resposta à última questão, concordamos com uma auditoria séria, credível, isenta e célere às contas e atividades do Município.

Que ela catapulte este Executivo PS para apresentar medidas concretas para cumprir com as promessas com os Oliveirenses, sob pena de permanentemente vermos e ouvirmos o desconhecimento da realidade ou o aparecimento de novas dívidas ou encargos, por parte do Executivo PS, para justificar o incumprimento ou o adiamento das suas promessas.

Aguardaremos, responsável e serenamente, o resultado dessa auditoria.

 

Porque queremos continuar a exercer uma oposição responsável e exemplar.

Deixe um comentário

pub
Landeau Therapie
  • Popular
  • Comentários

Please publish modules in offcanvas position.