Que o tédio acabe

Que o tédio acabe

Por Nuno Araújo / Opinião / sexta, 17 novembro 2017 15:22

É uma chatice escrever sobre política local nesta altura. O novo executivo ainda nem aqueceu a cadeira do poder para podermos dizer algo sobre o seu desempenho.

Para já, imagino que Joaquim Jorge e a sua equipa andem à volta de papeladas e a conhecer os cantos à casa. Atribuição de pelouros já foi feita, sem grandes surpresas, e cada um dos responsáveis tem muito trabalho pela frente. É uma espécie de “silly season” para quem gosta, como eu, de comentar coisas. Sinto algum tédio nestas alturas em que o processo exige tempo e a mudança obedece ao mesmo, mas, já gostava de sentir algum cheiro a diferença. Resta-me ser paciente…

Mas há algo que pode mudar este enfado (ou não!) e que será o plenário da concelhia do PSD no próximo sábado, 18 de Novembro. Como único ponto da ordem de trabalhos consta a análise da situação política local e nacional. Arrisco dizer que já se contam espingardas para que dessa reunião saiam os putativos candidatos a líder da concelhia e que um deles reinvente a dinâmica do partido – pelo menos, este deveria ser o caso. Mas serão José Campos, Carla Rodrigues e Ricardo Tavares (parece que são estes os potenciais candidatos que se perfilam) capazes de tirar Oliveira de Azeméis da “silly season”? A escolha do partido será conservadora ao ponto de facilitar a vida ao PS local e, no limite, prejudicar a comunidade oliveirense? É que uma forte oposição também faz um bom executivo…

São os três vereadores, mas poderão ser adversários internos e, se assim acontecer, enfraquecerá o seu papel de oposição na vereação. A democracia e a pluralidade são muito bonitas, só que ninguém as grama nem um bocadinho, e arregimentar militantes nas suas hostes trará aquele desconforto chato de quem é obrigado a escolher lados.

Ricardo Tavares é uma pessoa que estimo e gosto, por isso, não temo em dizer o que penso sobre a sua eventual liderança. Embora a derrota autárquica seja muito mais do partido do que de Ricardo, parece-me inconsequente e em mau timing a sua eventual corrida à liderança do PSD local. Ignorar a derrota que sofreu nas autárquicas é, todavia, irresponsável. Inevitabilidade da sua fragilidade dentro do partido, o que não é nada negligenciável para quem pretende dar uma nova alma ao PSD de Oliveira de Azeméis. E quanta alma precisa!

Depois já existe um líder em substituição do anterior. José Campos é o que se designa hoje em dia por “jovem quadro do partido” (seja lá isso o que for). Sempre me pareceu que andar entre os pingos da chuva pode ser útil para a lógica actual dos partidos, mas nada abonatório para quem pretende ter a sua própria voz como exemplo de intervenção política. Lia as suas crónicas e ouvi algumas intervenções na Assembleia Municipal e fiquei sempre com aquela sensação de elemento híbrido desprovido de identidade e pensamento político próprio. É uma pena, pois a escola da jota deveria trazer mais irreverência do que subserviência…

Não conheço a Carla Rodrigues e talvez a maior parte dos oliveirenses também não. Enquanto deputada, e quiçá vítima de um natural deslumbramento lisboeta, pouco ou nada interveio no nosso concelho, desperdiçando uma boa oportunidade para ter visibilidade local e aproveitar para ganhar espaço por cá. Sei que a vida de político obedece a lealdades premeditadas, escolhas bem reflectidas, timings perfeitos e ódios de companheiros de partido nada fáceis de lidar. Talvez esta mulher tenha sido injustamente posta de parte pelos seus pares numa altura em que deveria ter continuado o seu caminho. Na verdade, e mesmo mal conhecendo a ex-deputada, penso que será a melhor opção (de entre os três) para o PSD. Por paradoxal que isto pareça, talvez fosse a que pudesse mexer com algum “status quo” que ainda teima em imperar no PSD local.

Há ainda os membros “adormecidos” mas vigilantes. Que não deram a cara. Não apareceram. E nunca foram suportados… Críticos desde sempre, gente com valor e sem cegueiras partidárias. Estes militantes e simpatizantes são muito valiosos e quero acreditar que serão estes a quebrarem com o tédio. Ou, então, Carla Rodrigues tem oportunidade para mostrar o que vale… Até algo de novo acontecer, aguardo com impaciência pela mudança prometida pelo novo executivo. 

Deixe um comentário

pub
Landeau Therapie
  • Popular
  • Comentários

Please publish modules in offcanvas position.