Via Azeméis é um projecto “completamente diferente”

Via Azeméis é um projecto “completamente diferente”

Por / Negócios / segunda, 03 julho 2017 00:00

“Tive o apoio de muita gente. Foram essas pessoas que me deram força para eu levar isto para a frente”, refere Ricardo Alves, proprietário da escola de condução Via Azeméis, inaugurada no passado dia 27 de Maio e situada em Oliveira de Azeméis.

Abrir uma escola de condução é “um sonho antigo” do instrutor de condução. Foi contudo longo, “terrível” e “impressionante” o caminho que Ricardo Alves teve de percorrer.

“Foi muito mais difícil do que aquilo que se possa imaginar. Só mesmo estando nisto é que se sabe”, diz. Foram quase dois anos de “uma luta terrível”, durante os quais Ricardo Alves sentiu o peso de “inúmeras leis e obrigações”.

“Tive muita gente a dizer-me para eu não desistir. Depois cheguei também a um ponto de não retorno. O investimento já estava feito e já não havia hipótese de voltar atrás. Isto porque houve um momento em que fiquei um pouco desmotivado”, conta o proprietário.

Não obstante, imperou a força de vontade, amparada pelo apoio que o instrutor foi recebendo. “Lá me foram incentivando. Fui tendo excelentes seres humanos que me foram dando um enorme apoio. Felizmente, sem desistir, consegui levar isto a bom porto”.

O investimento envolvido neste projecto foi “avultado”. Os quatro veículos de que a escola dispõe - três motas, de todas as categorias existentes em Portugal, e um veículo ligeiro - são novos. “Depois há todo o investimento que tenho aqui dentro, principalmente em termos de tecnologia. A sala de código é uma sala completamente moderna em que não falta nada ao aluno. Parece que tem pouca coisa mas está lá tudo”, explica.

“Hoje é mais difícil tirar a carta”

No que toca a mudanças na legislação, o instrutor mostra-se céptico. Para Ricardo Alves, a sinistralidade não muda por decreto, já que o aluno traz consigo os hábitos das pessoas com quem conviveu ao longo da vida. “Uma pessoa não se forma aos 18 anos quando vem tirar carta. Não é na escola de condução que se forma uma pessoa para a estrada. É mesmo uma questão de cultura”.

Ricardo Alves tem “plena consciência” de que hoje será mais difícil tirar a carta de condução. O que, de acordo com o próprio, não é necessariamente mau, ”porque a finalidade ao fim e ao cabo acaba por ser diminuir a sinistralidade nas estradas”. Ainda assim, nem tudo é positivo. “Acho que existem determinados pontos no ensino hoje em dia que apontam num sentido que não será o melhor. Em vez de se estar a insistir em certos parâmetros, dever-se-ia insistir mais naquilo que faz realmente a diferença quando se anda na estrada”, afirma.

Neste momento, a Via Azeméis lecciona apenas a condução de ligeiros e motos. “O investimento é muito grande para uma carta de pesados. Para já vamos dar um passinho de cada vez”. No futuro, Ricardo Alves, pensa em tornar a escola mais do que uma mera escola de condução. “Estou a pensar em começar a fazer formações aqui na sala. Estou a pensar em, devagarinho, ir alargando os horizontes. Vou futuramente estabelecer uma parceria com os bombeiros de Oliveira de Azeméis. Também estou a pensar em começar a ir a escolas”.

A Via Azeméis é uma escola “completamente diferente”

De acordo com Ricardo Alves, até agora o feedback tem sido excelente e a experiência a nível de inscrições extremamente satisfatória. “Se pudesse voltar atrás acho que faria tudo da mesma forma. Estou muito satisfeito, consegui concretizar o meu objectivo. Estou a abranger um leque de pessoas que me está a deixar extremamente satisfeito”, refere. Igualmente do agrado do proprietário é a localização, que fica a cinco minutos a pé do centro da cidade, e que conta com uma paragem do TUAZ. “Estou muito bem localizado também porque estou a meia dúzia de minutos da zona industrial de Oliveira de Azeméis”.

Ricardo Alves convida todos a conhecer as instalações da Via Azeméis. “É uma escola diferente de todas as outras que temos aqui na cidade. É diferente porque o regime jurídico obrigou-me a criar de raiz uma coisa completamente diferente”, explica. “Não há nada como vir cá conhecer, falar comigo e ver as instalações. A maioria das pessoas tem chegado à conclusão de que realmente é diferente e que vale a pena”.

Deixe um comentário

Aveiro

Nublado
12°C
NW a 11.27 km/h /99%
Sábado
4°C / 12°C
Domingo
2°C / 13°C
Segunda
2°C / 13°C
  • Popular
  • Comentários

Please publish modules in offcanvas position.