Inauguração do Centro Educativo da Trofa

Teve lugar no dia 2 de junho, sexta-feira, a inauguração do Centro Educativo da Trofa, uma infraestrutura construída de raiz e preparada para o futuro, cujo investimento superou os 1,5 milhões de euros.

A cerimónia teve a participação do Presidente da Câmara de Águeda, Gil Nadais, e do Presidente do Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga, Vítor Martins, para além do Presidente da União de Freguesias da Trofa., Segadães e Lamas do Vouga, Carlos Alberto Silva, bem como muitos pais, encarregados de educação, professores, alunos e auxiliares de educação daquele estabelecimento de ensino.

Na sessão inaugural, o Presidente do Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga, Vítor Martins, referiu que "com este novo Centro Educativo da Trofa temos novos e melhores espaços, e esperamos com o nosso trabalho contribuir para a mudança". Encerrou o seu discurso com um agradecimento a todos os que contribuíram para a realização e conclusão da obra, “de forma especial ao Senhor Presidente da Câmara por ter apostado na criação das melhores condições para o desenvolvimento de aprendizagens".

O Presidente da Câmara, Gil Nadais, frisou que “este é o nosso compromisso com a educação: dar as melhores condições para as nossas crianças aprenderem, as de hoje e as das gerações vindouras”, reconhecendo que “se a escola e as crianças de hoje são diferentes, não podemos continuar a ensinar e aprender como há 50 anos. Daí querermos facultar as melhores ferramentas e métodos para o processo de ensino/aprendizagem”. “Resultado dos fortes investimentos realizados, hoje Águeda tem uma rede escolar de qualidade”, concluiu.

As celebrações da inauguração ficaram marcadas pela animação contagiante da Fanfarra Mourisquinha, composta por alunos desta escola do Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga.

O Centro Educativo da Trofa

O novo recinto escolar em construção situa-se no local da antiga escola EB1 da Trofa, que era um equipamento escolar datado do início dos anos 80 do séc. XX, o qual, para além de apresentar desgaste e degradação estrutural, não possuía qualquer sistema de isolamento térmico e de isolamento acústico, dispondo, inclusive, de uma cobertura com amianto incorporado. Assim, optou-se por proceder à substituição daquela escola, com a construção de um novo edifício energeticamente mais sustentável, para o que foi necessária a aquisição de alguns terrenos adjacentes.

Trata-se de uma construção de raiz, destinada a integrar dois níveis de ensino: pré-escolar e EB.1 e foi projetada tendo em conta o seguinte número de utentes: Jardim-de-infância: 75 crianças (3 salas de atividades); 1.º Ciclo do Ensino Básico: 240 crianças (10 salas de aula), conforme previsto na Carta Educativa.

Todas as salas de aula e salas de atividades ficam orientadas a sul. Todas as salas de aula dispõem de espaço complementar para artes plásticas e outros trabalhos manuais, equipado com bancada, ponto de água e armário de arrumação.

O edifício subdivide-se em 4 zonas principais, com a seguinte compartimentação:

Zona A:

Piso térreo: 3 salas de atividades com vestiário anexo, 1 sala polivalente para o Jardim-de-infância, 1 sala de trabalho para educadores/arrumo de material didático, recreio coberto (J.I).

Zona B:

Piso térreo: 5 salas de aula com o respetivo espaço para artes plásticas, 1 arrumo de material exterior.

Andar: 5 salas de aula com o respetivo espaço para artes plásticas, 1 arrumo de material didático.

Zona C:

Piso térreo: 1 biblioteca, 1 sala multiusos/polivalente de apoio à biblioteca, 1 sala de professores, 1 sala de trabalho para professores, 1 sala de atendimento, 1 compartimento para o bastidor, 1 arrumo de material didático e audiovisual, área técnica.

Zona D:

Piso térreo: 1 sala polivalente para EB.1, 1 refeitório, 2 copas, 1 despensa, 1 compartimento para lixos, 2 vestiários/sanitários para pessoal auxiliar, 1 arrecadação geral, 1 átrio/convívio de acesso ao refeitório, recreio coberto (EB1).

Exterior:

O espaço exterior está dotado de um parque infantil, um campo de jogos polidesportivo, uma horta pedagógica, assim como diversas áreas ajardinadas e pavimentadas.

O CidadesOnline é um projeto jornalístico de língua portuguesa e de carácter geral, de âmbito regional, centrado nos interesses dos leitores do distrito de Aveiro, em particular da região Norte, que diariamente procura informar e dar voz às populações através da internet, levando a voz de Portugal também às comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo.

Recentes

0
A aldeia de Ul vai receber, pelo 5º ano consecutivo, o
0
O tempo passa a voar e as “Férias Grandes” estão à porta.
0
A 25ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros,
0
Projeto desenvolvido em parceria com o Centro Hospitalar de

CidadesOnline

FichaTécnica

Periodicidade: Diária

Edição de {date}

Directora: Carla Brandão

Propriedade e Edição: NeurónioMotriz, Lda.

Registo ERC: 126836

Sede da Editora/ Redação: Rua Prof. Ascensão Gândara Santos, 84, 3.º Esquerdo

Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar concede permissão para a sua utilização. More details…