Pró-Outeiro inaugura nova valência para idosos

Pró-Outeiro inaugura nova valência para idosos

Por Redação / Oliveira de Azeméis / sexta, 06 julho 2018 16:24

A Associação de Melhoramentos Pró-Outeiro inaugurou uma nova valência destinada a pessoas idosas, com capacidade para 25 utentes.

“A ERPI (Estrutura Residencial para Idosos) da Associação de Melhoramentos Pró-Outeiro tem hoje capacidade para 25 utentes sendo que estamos já a trabalhar para que num futuro próximo possamos alargar a nossa resposta”, aponta a directora geral da instituição, Rita Fonseca, para quem “a vontade de concretizar este projecto nasce da necessidade identificada junto da nossa comunidade de um serviço de apoio a pessoas idosas cuja intervenção tivesse por base a prestação de cuidados individualizados e personalizados, a indivíduos e famílias, quando por diferentes motivos a opção é a institucionalização da pessoa idosa em unidades de alojamento”.

Rita Fonseca acredita que a ERPI é mais um passo para o reconhecimento da Associação de Melhoramentos Pró-Outeiro enquanto instituição de referência no apoio à pessoa idosa que preconiza que “o envelhecimento deve ser pensado como algo natural e transversal, independentemente de poder em algum momento ser também vivido numa instituição”. “É por isso que, por exemplo, é para nós fundamental, promover  actividades de ocupação e lazer, que proporcionem aos nossos utentes a aquisição de novos conhecimentos,  a manutenção ou desenvolvimento de competências e, fundamentalmente, a promoção de bons níveis de auto-estima”, afirma.

Na inauguração das instalações, o presidente da autarquia, Joaquim Jorge, sublinhou o “trabalho exemplar” da direcção da associação em criar “todas as condições para os seus utentes mas também em assegurar o futuro da mesma”.

“A nossa gestão deve ser orientada fundamentalmente para promover a felicidade e esta é exactamente uma resposta direccionada para as pessoas e para um público por quem devemos ter um especial carinho”, disse Joaquim Jorge.

O autarca considera ser uma obrigação de todos proporcionar “um envelhecimento activo e saudável às pessoas que dedicaram toda a sua vida à sociedade” sendo fundamental que o afecto e o carinho faça parte das respostas de qualquer instituição.

“Esse é o maior legado que poderemos deixar a esses utentes”, disse Joaquim Jorge, considerando fundamental o município continuar a apoiar estas entidades e apostar na criação, através da Rede Social, de políticas e respostas que complementem o trabalho que é feito no terreno pelas instituições de solidariedade social.

O presidente da instituição, Diamantino Nunes, destacou as “óptimas condições” da nova infraestrutura e os “excelentes profissionais” que estão ao serviço da instituição.

Deixe um comentário

Aveiro

Muito Nublado
17°C
N a 11.27 km/h /96%
Sexta
15°C / 22°C
Sábado
14°C / 22°C
Domingo
12°C / 23°C
publicidade
Isabel Pinho
publicidade

Please publish modules in offcanvas position.