“Só temos possibilidade de salvar o Hospital S. Miguel se lhe dermos mais valências”

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

As dificuldades do Hospital S. Miguel, Oliveira de Azeméis, também estiveram na berlinda na conversa com Joaquim Jorge, que aflorou ainda a questão da descentralização na Educação.

Na primeira vez que o presidente da Comissão Política – disse o próprio – foi ouvido em entrevista por um jornal local fora de um contexto eleitoral, os constrangimentos da unidade hospitalar oliveirense dos constrangimentos que sente na capacidade de resposta.

O responsável partidário fez notar que o Hospital vem sendo esvaziado de competências e “é preocupante” que, após o que acontece é que com isso justifica-se a sua falta de necessidade”. “O que acontece hoje é que perdemos médicos internistas, temos um laboratório que fecha às dez da noite, perdemos urgência pediátrica o serviço de obstetrícia”.

Porém, o líder da oposição no Executivo de Azeméis acredita que há uma receita para esta maleita: “Só temos possibilidade de salvar este Hospital se lhe dermos mais valências. E estou a falar de coisas simples, como os eletrocardiogramas, provas funcionais respiratórias, cirurgia em ambulatório”.

Afinal, não faz assim tantos tempo que foram aplicados mais de 400 mil euros aplicados na requalificação das Urgências “e seria dramático que esse investimento público se perdesse”.

Veja o vídeo acima.

 

Aveiro

Nublado
16°C
S a 17.70 km/h /96%
Sábado
11°C / 18°C
Domingo
8°C / 17°C
Segunda
10°C / 18°C
  • Popular
  • Comentários

Please publish modules in offcanvas position.