“Os experimentalismos na Educação pagam-se caros”

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Em entrevista ao Cidades Online presidente do Partido Socialista de Oliveira de Azeméis falou sobre Educação. “Nós olhamos para a descentralização de competências com muito receio e algum cuidado”, avisou.

Joaquim Jorge lembrou que o PS local foi contra o programa aproximar Educação “porque achamos o experimentalismo na educação pagam-se caros”.

“Alguns dos municípios que fizeram parte desse primeiro projeto já o abandonaram, porque o governo não cumpriu. As verbas que transferiram para a requalificação das escolas e para o pessoal não docente eram insuficientes”, enfatizou.

À conversa com João Araújo, falou nas escolas Ferreira da Silva, em Cucujães, e na de Fajões. Os estabelecimentos de ensino vão ter intervenções, mas essas ficam “muito aquém das necessidades reais”. “Vão ser gastos três milhões mas são precisos sete ou oito para as requalificar”, afiançou, para depois completar: “Depois de assumirmos a transferência dessas duas escolas fica a ser do município pelo que terá de ser acomodado pelo Orçamento Municipal”.

“Nós somos daqueles que acham que uma reforma da Educação não pode ser feita contra os principais agentes da comunidade educativa, que são os professores”, continuou, enfatizando que “o que nós defendemos é um reforço  da autonomia das escolas. Os municípios não devem intervir na organização pedagógica das escolas”.

Por outro lado, aplaudiu a aposta no Ensino Superior no concelho.

Veja o vídeo acima.

Aveiro

Nublado
16°C
S a 17.70 km/h /96%
Sábado
11°C / 18°C
Domingo
8°C / 17°C
Segunda
10°C / 18°C
  • Popular
  • Comentários

Please publish modules in offcanvas position.